Famel Z - um blog que não é sobre motos

Vrum, vrum...vruuuuuuuuuuuuum!!!

segunda-feira, dezembro 27, 2004

De volta

Depois de comerem o bacalhau, temo-los de volta: Santana "Kapital" Lopes, José "Guterres II" Sócrates, Jerónimo "avante ortodoxia" de Sousa, Paulo "Deneuve" Portas e Francisco "onde é que estão as câmaras de televisão?" Louçã... e ainda Manuel "ninguém me liga, ninguém liga ao Manel" Monteiro!
O primeiro são capazes de tê-lo visto na TV enquanto desembrulhavam as embalagens de ferrero rochés a fazer uma comunicação(?) ao país. Adoro a sua nova forma de falar em parábola. A minha preferida é a da incubadora seguida de perto pela das cicatrizes nas costas. É bom que Santana se lembre que o último líder a recorrer dessa forma a metáforas já morreu há 2004 anos (por isso está um pouco démodé) e ainda por cima morreu na Páscoa. A mim parece-me que este ainda dura menos. Deve ser crucificado lá para o Carnaval.
Já Portas, começou de novo a utilizar o boné de lavrador e a responder pelo cognome de Paulinho das Feiras, infelizmente em Dezembro, Janeiro e Fevereiro não há muitas feiras...
Não sei se devemos colar o nome de Sócrates ao de Guterres porque o Presidente da Internacional Socialistas ainda dizia alguma coisa, quanto mais não fosse para se enganar nas contas.
Quanto ao Jerónimo de Sousa, se ninguém se lembrar de realizar um 007 em que entre esse vilão Dentes de Aço, tem boas hipóteses de aparecer na campanha cheio de força no maxilar para mastigar a direita.
Para completar a caderneta falta-nos o Manel Monteiro. Podia editar um folheto de campanha intitulado "Onde está o Manel?" em que vestisse uma camisola e um gorro listados de vermelho e branco. Ouvi dizer que o Manel esteve na sede do PS. Queres tu ver?...

quinta-feira, dezembro 23, 2004

Tenho visto pela blogofesra muita gente dizer:"ai e tal, não sei quê, tenho tido muito trabalho e não tenho podido escrever aqui nada...". Comigo é ao contrário, quanto mais trabalho tenho mais escrevo aqui. No trabalho até me chama carinhosamente "calão da pior espécie" são mesmo levados da breca.

A vida começou na rádio.

Andei aqui a pensar que a rádio é um meio de comunicação sub-aproveitado. E, depois de aturada pesquisa, descubri que não é bem assim, que muito boa gente começou na rádio.
Por exemplo o ilusionista Luís de Matos tinha em mil nove oitenta e nove um programa na rádio popular de Gaia chamado, Grandes Ilusões (título que poderia ser dado a uma colectânia dos discursos de Santana Lopes). Então não é que o rapazola fazia montes de truques giros como aquele de serrar a mulher ao meio, e ainda por cima em directo. Deve ter impressionado milhares de pessoas e militantes do PP que o ouviam. Daí ter sido catapultado para a fama. Gostaria de perguntar aos mágicos: "mas porque é que serram sempre uma mulher? algo contra serrarem os homens?"
Outra moça que começou na rádio foi aquela Pamela Anderson que tinha um show de strip na rádio Caldas que deixava todos malucos enquanto se despia ao som das músicas do José Cid. Tenho uma cassete que consegui gravar desses tempos em que ela vai tirando um fato de macaco (como o dos mecânicos) ao som do "Como o macaco gosta de banana eu gosto de ti" desse grande cantator do nacional cançonetismo.
Como estes há muitos, mas estes devem chegar para despertar a curiosidade dos milhares de leitores deste blog.
PS- Sandra, no outro dia passei na tua antiga rua em Alcácer e adivinha o que aconteceu- pisei bosta de cão.

quarta-feira, dezembro 22, 2004

Isto é génio puro!

Se ainda não tinham motivos para visitar o Blog do Gato Fedorento deixo-vos aqui um excerto que roça a perfeição:


"METAMORFOSE: Quando Gromphado Rhina despertou, certa manhã, de um sonho agitado, viu que se tranformara, durante o sono, numa espécie monstruosa de ser humano. Adormecera como sempre, debaixo do frigorífico, onde vivia com os pais e a irmã, e agora dava consigo deitado numa cama. Permaneceu de costas mas, erguendo um pouco a cabeça, constatou, horrorizado, que vestia um fato de treino. À sua frente havia um televisor – que só ele poderia ter ligado – a transmitir a emissão da TVI. Em baixo, junto à mesa de cabeceira, jazia abandonado um jornal que fora, certamente, comprado por ele. Do sítio onde estava, Gromphado não conseguia ver que jornal era. Mas um pressentimento terrível dizia-lhe que se tratava d' O Independente. À direita, sobre a mesa, conseguiu perceber o seu nome num cartão de militante do PP. Soltou um grito e chorou. Procurou acalmar-se. Pensou um pouco. Os pais, que sempre haviam sido baratas dignas e honradas, assustar-se-iam com a sua nova morfologia. Quando o percebessem espectador da TVI, recusar-se-iam a vasculhar os restos das suas refeições. Mas mal soubessem que se tinha feito militante do PP, haviam de precipitar-se para a lata de Sheltox na tentativa de pôr fim à vida."

terça-feira, dezembro 21, 2004

Natal dos Hospitais

Lamentavelmente, não falei aqui daquela que é sem dúvida a pior tortura (chamam-lhe tradição) de Natal - as galas de Natal. Tudo começou quando algum génio do mal se apercebeu que os filmes repetidos e as músicas horríveis, não chegavam para algumas pessoas que até pareciam gostar... Então no seu laboratório secreto situado algures em Sobral de Montagraço, o Pai Natal, esse sádico, inventou o Natal dos Hospitais. Este programa emite ondas cerebrais de alta frequência que torram o cérebro do espectadores. Estes passam apenas a dizer: "Melão és Lindo!" "Amo-te Mónica Sintra!", efeitos piores que uma lobotomia feita pelo Vilarinho com os copos. Durante anos estes programas foram-se multiplicando, deixando os portugueses de tal forma abalados que elegeram governos do PSD(!), e hoje temos para além do Natal dos Hospitais, o Natal das Prisões, o Natal das Crianças, Natal Mágico, o Natal das Escolas... encaremos os factos, podemos fugir mas não nos podemos esconder!
No entanto posso reconhecer nestes programas um efeito terapêutico superior aos congressos da Igreja Maná, quando temos as Taiti a cantar:"salta, pula, corre..." numa sala cheia de acamados e paraplégicos, tudo pode acontecer. Parece-me que pode elevar o espírito, levantar a moral, é uma ideia com pernas para andar!

quinta-feira, dezembro 16, 2004

Natal = Tortura

Estamos quase a chegar ao Natal, curiosamente, a época do ano em que a taxa de suícidios aumenta exponencialmente. E queria deixar aqui algumas considerações acerca desta época festiva que alegra os mais piquenos.
Desde Novembro que ando a ser torturado com insistência pelas músicas de Natal. Este é o maior flagelo da época natalícia. Por alguma razão obscura, temos de ouvir o George Michael a cantar como no Natal passado se tornou dador de orgãos para uma organização clandestina, que, em segredo, os vendia no mercado negro. É um bocado estúpida esta canção, partindo do pressuposto de que o cantor teria apenas um coração, e esta música é repetida todos os anos ad nauseam. Ainda se fosse um rim, uma pessoa poderia interpretar de outra forma, poderia ser o bolo conhecido como rim, mas assim não há outra interpretação possível.
Pior ainda são as músicas tocadas por essa arma de destruição massiva- as Pan Pipes. A amnistia internacional devia fiscalizar o uso desses CD's em supermercados e estações dos autocarros em vez de andar por aí a denunciar por exemplo a brutalidade dos nossos guardiões de bigode- os GNR. Sempre que ouço as Pan Pipes, parece-me que o meu cérebro vai derreter e sair como cera ardente pelos meus ouvidos e nariz. O que não é agradável.
Depois temos ainda os presentes por que esperámos um ano inteiro: uma caneta, um porta-chaves, um par de peúgas, um cd com um autocolante amarelo, etc...
Achei curiosa a forma como a editora que lança o Código da Vinci tem promovido o livro tendo em conta o Natal, dizem eles que já venderam não sei quantos mil exemplares. Ora uma pessoa lê e pensa:"Ai e tal eu até tava a pensar oferecer o livro a fulano e a beltrano mas se calhar, como venderam tantos, eles já têm..." Este pessoal do marketing é um bocado estúpido, pior que isso só mesmo por a Teresa Guilherme a vender crédito por telefone. Deviam antes dizer: "Vendemos uns poucos mas há muita gente que não tem e que ficaria tão feliz por receber o livro que lhe faria sexo oral no momento em que abrisse o presente." Eu oferecia uns poucos de certeza!
Só já faltam 9 dias para vermos o Sózinho em Casa e a Música no Coração pela enésima vez! Porque não passam antes O Ninja Americano II, o Rambo ou o Comando na tarde de Natal?

quarta-feira, dezembro 15, 2004

Ai Saudade!

Há coisas que não se perdem com o tempo como as bochechas e o mau francês do Mário Soares, e há outras que mudam por completo como a coerência e credibilidade do antigo primeiro ministro, presidente da república, e líder do PS Mário Soares. Algumas coisas deixam-nos esse sentimento tão próprio do país, se não mesmo de Portugal, a que chamamos saudade.
Aquilo de que, pelo que ouço, acho que o pessoal tem mais saudade é dos desenhos animados de quando eramos crianças. Isto é ridiculo. Por esforço masoquista fui desenterrar as cassettes de video antigas que tinha gravadas com desenhos animados. Eis alguns títulos que podem explicar a juventude dos dias de hoje:

Bocas
Como é possível haver uns desenhos animados que narram as tropelias de uma vaca com a voz do capitão iglo? Como é possível que eu tenha achado piada a isso? Lembram-se da música Bouche, bouche, lalala lala lala lala... Não sabíamos ainda o cataclismo que iria ser despoletado pela série de animação em questão- a doença das vacas loucas. A crise foi tamanha que até substituíram o capitão iglo por um outro mais novo que nem sequer devia ser sargento ainda. Pois, agora já não tem tanta graça pois não?

Dartacão e os 3 Moscãoteiros
A discriminação racial chegou aos desenhos animados: repararam que os maus eram quase sempre rottweilers. Para além disso era uma série bastante violenta só comparáveis a essas figuras míticas do terror pós-moderno - os telletubies.

Tartarugas Ninja
Mas que tipo de droga é que devo tomar para conseguir inventar algo como tartarugas ninja. Já experimentei com LSD e só vi democrata cristões gays.

A Abelha Maia
Não vou comentar porque já sei que estão a pensar em penetração anal prepertada pelo Kalimero.

Só se aproveitava mesmo o TV Rural que dava de manhã antes dos desenhos animados...

despeço-me com amizade!

terça-feira, dezembro 14, 2004

Diz-se que...

...o Trapattoni já não vai treinar a equipa contra o Estoril, sendo substituído imediatamente pela Júlia Pinheiro que, neste momento, é a única pessoa que consegue falar com burros.

segunda-feira, dezembro 13, 2004

Era só para acrecentar esta:

Santana: "vamo-nos todos demitir!"
Aranaut, Portas e Morais Sarmento em coro: "Ou não!"


sexta-feira, dezembro 10, 2004

A Solução para a estabilidade!

Encontrei a solução para Santana Lopes poder voltar a formar um governo que garanta estabilidade. Uma solução que permite que qualquer ministro diga uma coisa sem que, mais tarde, um outro ministro ou secretário de estado venha dizer o contrário. Sempre que qualquer ministro anuncie uma nova medida alguém de preferência José Luís Arnaut dirá: "ou não..."
Por exemplo:
Bagão Félix:"Vamos acabar com a fraude nos impostos e garantir maior justiça social."
Arnaut: "Ou não..."

Maria do Carmo Seabra: "Vamos colocar todos os professores, respeitando os regulamentos e no prazo previsto."
Arnaut: "Ou não..."

Assim o governo fica salvaguardado. Em contrapartida, vamos passar a confundir José Luís Arnaut com o emplastro.

Ou então não...

Gato Fedorento!

Ofereceram-me ontem o DVD da série Fonseca do Gato Fedorento e não posso deixar de recomenda-lo. "Sem dúvida o melhor DVD com a palavra bidé escrita na capa!"
Pode encontrar certos e determinados sketchs que não lhe dizem: "Ah e tal!"
O presente de Natal ideal logo a seguir a um par de meias da raquette e ao novo CD do Paco Bandeira.

segunda-feira, dezembro 06, 2004

Espirito Olímpico!

Conclusões brilhantes!

"Alerta da OCDE
Estudantes que lêem menos são mais vulneráveis ao insucesso escolar"
Ele há estudos que não deixam de me deixar boquiaberto. Como este exemplo, quando li pensei: "Ná! não pode ser, alguma vez...!" Isto desafia toda a lógica e as minhas convicções pessoais.
Qualquer dia vejo estudos a afirmar coisas como: As pessoas que andam de automóvel têm mais acidentes que as outras. Ou mesmo: Idosos morrem mais de velhice que crianças!
Isto só me lembra a velha história dos americanos que gastaram biliões de dólares e milhares de horas de investigação para inventarem uma caneta que escrevesse no espaço. Já os soviéticos optaram por um caminho menos óbvio mas mais barato: usaram o lápis.

Taxa de Câmbio!

"Israel e Egipto concretizaram hoje uma troca de prisioneiros, segundo a qual um israelita condenado por espionagem foi libertado em troca de seis estudantes egípcios infiltrados em território israelita. A operação realizou-se no posto fronteiriço de Taba, no mar Vermelho."
Público on-line
Alguém me pode informar qual é a actual taxa de câmbio?
Parece que o muçulmano está cotado abaixo do mais forte israelita. O Capitalismo chegou à troca de reféns.
Não via uma troca assim desde os tempos em que queria completar a caderneta do campeonato 96/97 e só me faltava o Sérgio do Braga.

quinta-feira, dezembro 02, 2004

Previsão para 2005!

Com a confirmação de eleições antecipadas deixo aqui vários cenários possíveis!

cenário 1
Pedro Santana Lopes ganha as eleições

O cenário menos provável, mais certo será vencer Garcia Pereira ou Manuel Monteiro ou mesmo o candidato Vieira. As balizas de Portugal caíram todas de uma só vez, atingindo milhares de portugueses. Os observadores da ONU chamados de urgência a Portugal chegaram à conclusão de que as balizas (mesmo as de hóquei em patins) sofrem do sindroma Vilarinho, ou seja, não se aguentam em pé. Assim, há mesmo milhares senão milhões de portugueses a sofrerem de amnésia e esquecem-se dos últimos 4 meses de governação e acorrem confusos às mesas de voto garantindo, ainda que por margem escassa a eleição de Santana Lopes para os cargos de Primeiro Ministro, Presidente da Républica, Governador do Banco de Portugal, Presidente do Sporting, Benfica, Porto e Grupo Estrela Escouralense, Alta Autoridade para a Comunicação Social e comentador ofícial da SIC, RTP, TVI (incluíndo Quinta das Celebridades), e Canal 18.
Miguel Sousa Tavares emigra para a Estónia.

cenário 2
Sócrates vence eleições
"Os políticos estão cada vez mais bonitos" de Chiquita chega ao número 1 do Top Português, Espanhol e Moldavo. Quanto à política mantém-se tudo como estava.

cenário 3
Jerónimo de Sousa eleito Primeiro Ministro
O camarada Jerónimo de Sousa foi eleito pelo povo unido que gritou a uma só voz: "Basta, o Imperialismo e Capitalismo não são o fim da História. Chega da exploração do Homem pelo Homem." Os portugueses deverão juntar-se todos no estádio nacional para gravar uma cassete cujos lucros reverterão a favor de aulas de dicção para o camarada Carvalhas e de dança para o camarada Jerónimo de Sousa.

cenário 4
Vence CDS/PP, Bloco de Esquerda, Nova Democracia, PCTP/MRPP, PSO, PNR, PPM...
por favor comentem vocês que eu respondo (porque este blog é interactivo)


A Queda do Governo!

Analisemos os factos friamente. Eu sei que poderá haver revoltas por todo o país pela injustiça que se caí sobre o nosso amado governo com o nosso grande timoneiro à cabeça - Pedro Santana Lopes, a começar pela comunicação social que tão agradada estava com as posições tomadas por este grande estadista que aprendemos a amar. O povo de Portugal juntou-se todo ao povo de Canas de Senhorim, esse povo que sofre há anos vivendo na angústia de não passarem de freguesia, e o ódio a Sampaio é tanto nas ruas que parece obra do demo.
Ainda assim, aqui vai uma tentativa de desculpabilizar Sampaio, a culpa meus amigos é toda do Pinto da Costa (que agora escreve a biografia "Como mandei árbritos passear ao Brasil enquanto outros os mandavam levar no cú"). OK sigam o meu raciocínio:
Henrique Chaves demite-se PORQUE
Não quis ver o DVD do Benfica PORQUE
O Orelhas o chateou na reunião PORQUE
Acha que a bola entrou mas não foi golo PORQUE
O árbrito Olegário Benquerença não viu PORQUE
Ninguém acredita num frango daqueles, mesmo sendo do Baía, porque
PINTO DA COSTA, PREVENDO ESTE TERRAMOTO POLÍTICO, ORDENOU BAÍA QUE DEIXASSE ENTRAR A BOLA UM BOCADINHO!
A verdade é dura mas este Maquiavel dos tempos modernos não deve ser menosprezado!